Ir para o conteúdo
Início
/
Notícias
29-11-2018

III Jornadas de Saúde de Trás-os-Montes e Alto Douro reuniram mais de 300 participantes em Bragança

Mais de 300 pessoas, na sua maioria profissionais e estudantes da área da Saúde, participaram nas III Jornadas de Saúde de Trás-os-Montes e Alto Douro, que decorreram nos dias 22 e 23 de novembro, em Bragança.

A edição deste ano, dedicada à Infeciologia, foi organizada pela Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, uma das entidades parceira desta iniciativa, que reúne diversas entidades públicas e privadas da Saúde e do Ensino dos distritos de Bragança e de Vila Real.

Estas Jornadas são fruto de uma parceria entre a ULS do Nordeste, o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), o Hospital Terra Quente (HTQ), os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) do Douro Norte, do Douro Sul e do Alto Tâmega e Barroso, o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e a Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado.

Na sessão de abertura deste evento, que reuniu representantes das nove instituições parceiras, o vice-presidente da Câmara Municipal de Bragança, Dr. Paulo Xavier, e o Presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Norte, Dr. Pimenta Marinho, foi enaltecida a importância do trabalho conjunto em torno destas Jornadas, tendo em vista a formação técnico-científica de profissionais e estudantes da área da Saúde.

Esta mensagem foi reforçada pelo Presidente do Conselho de Administração da ULS do Nordeste, Dr. Carlos Vaz, que enalteceu ainda o papel decisivo que estas Jornadas assumem ao nível da prestação de cuidados de saúde, através da intervenção dos mais distintos profissionais e estudiosos nesta área.

Em debate estiveram temas como infeções associadas a cuidados de saúde e comunidade, hepatite viral e doença hepática, controlo de infeções em unidades de cuidados intensivos, infeções cirúrgicas, zoonoses, infeção e doenças neuropsiquiátricas, investigação aplicada em infeciologia, infeções em oncologia e fim de vida e ainda a resistência aos antimicrobianos.

Estes temas foram abordados por figuras de relevo, no contexto nacional e internacional, com investigação desenvolvida nestas matérias.

No âmbito das Jornadas, decorreram ainda três workshops relacionados com a prevenção de infeções, tendo sido abordada a prevenção da infeção urinária associada a cateter vesical, a prevenção da pneumonia associada a intubação em UCI e a prevenção da infeção associada a CVC.

Destaque ainda para a realização da conferência subordinada ao tema “Antibióticos: Não abuse hoje, para usar amanhã”, direcionada para a comunidade, que decorreu no âmbito do projeto-piloto “Literacia para a Segurança dos Cuidados de Saúde”.  Participaram como oradores a Dr.ª Ana Gonçalves, o Dr. André Reis, a Dr.ª Cristina Nunes, a Dr.ª Eliana Oliveira e a Enf.ª Lúcia Pinto, numa conversa sobre a utilização dos antibióticos moderada pelo locutor da Rádio Brigantia, Paulo Afonso.

As Jornadas terminaram com a entrega de prémios aos melhores pósteres e comunicações orais, seguindo a sessão de encerramento, que contou com as intervenções do Presidente do Conselho de Administração da ULS Nordeste, Dr. Carlos Vaz, do vice-presidente do IPB, Prof. Albano Alves, do Presidente do Conselho da Sub-Região de Bragança da Ordem dos Médicos, Dr. António Andrade, e do Secretário do Conselho Diretivo Regional da Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros, Enf.º Leonel Fernandes.

 


Partilhar: