Ir para o conteúdo
Início
/
Notícias
04-10-2019

Importância do aleitamento materno esteve em debate em Mirandela

A importância do aleitamento materno nos primeiros anos de vida do bebé e os desafios que se colocam às mães que decidem amamentar estiveram ontem, dia 02 de outubro, em debate nas I Jornadas da Semana Mundial do Aleitamento Materno, promovidas pela Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, através do Grupo de Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia, que decorreram no Auditório Municipal de Mirandela.

O evento teve início com a sessão solene de abertura, que contou com a presença do Presidente do Conselho de Administração da ULS do Nordeste, Dr. Carlos Vaz, da Presidente da Câmara Municipal de Mirandela, Dr.ª Júlia Rodrigues, do Presidente do Conselho Diretivo da Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros, Enf.º João Paulo Carvalho, e da Enfermeira Conceição Tomé, em representação do Grupo de Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia.

Demonstraram o seu apoio a esta relevante iniciativa ao nível da formação dos profissionais de saúde e do aumento da literacia em saúde da comunidade todos os elementos do Conselho de Administração da ULS do Nordeste, que marcaram presença neste evento.

Ao longo do dia, foram realizadas várias intervenções, por oradores com uma vasta experiência nesta área, dedicadas à realidade atual e às perspetivas futuras ao nível do aleitamento materno e à capacitação dos pais para a amamentação.

Em relação à intervenção nesta área na ULS do Nordeste, importa realçar o vasto trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde das áreas dos Cuidados de Saúde Primários e Hospitalares ao nível da promoção do aleitamento materno e do apoio e capacitação dos pais.

Na área dos Cuidados de Saúde Primários, a intervenção dos enfermeiros especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia é desenvolvida ao nível da vigilância pré-natal, preparação para a parentalidade, visitação domiciliária e amamentação. Destaque ainda para a Linha de Apoio à Maternidade (800 209 927), a funcionar no âmbito do Projeto “Apoiar na Maternidade” apoiado pela Missão Sorriso, que registou até ao momento cerca de 200 chamadas mensais.

É de realçar ainda o importante trabalho desenvolvido nesta área pelo Serviço de Ginecologia e Obstetrícia da ULS do Nordeste ao nível da promoção do aleitamento materno e da amamentação, tendo em conta que o leite materno é ideal para o recém-nascido e lactentes e é o único específico para a espécie humana.

O trabalho articulado nesta área entre todos os profissionais tem-se traduzido numa taxa elevada de mães que optam pelo aleitamento materno à saída da Maternidade, situando-se nos 90% a taxa de mães que decidem amamentar.

As I Jornadas da Semana Mundial do Aleitamento Materno da ULS do Nordeste contaram com 124 participantes, entre os quais profissionais de saúde, estudantes, pais e população em geral.


Partilhar:
Ir para o topo