Ir para o conteúdo
Início
/
Notícias
11-11-2019

ULS do Nordeste alarga Projeto Stop Infeção a mais Serviços Hospitalares e aos Cuidados de Saúde Primários

A Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSNE) acaba de alargar o projeto “Stop Infeção Hospitalar!” a um maior número de Serviços Hospitalares e aos Cuidados de Saúde Primários.

A ampliação deste projeto, iniciado na Instituição em 2015, com o objetivo de reduzir as infeções associadas a cuidados de saúde nos diferentes serviços, foi anunciada no âmbito do 3.º Workshop dedicado ao tema “Prevenção de Infeções Associadas a Cuidados de Saúde”. Este Workshop foi promovido pelo Grupo de Coordenação Local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (GCL-PPCIRA) da ULS do Nordeste e  decorreu no passado dia 23 de Outubro, no auditório da Escola Secundária Emídio Garcia, em Bragança.

Na sessão de abertura, o presidente do Conselho de Administração da ULS do Nordeste, Dr. Carlos Vaz, enalteceu a importância deste projeto ao nível da segurança dos cuidados de saúde prestados aos utentes, que se traduz numa redução de custos para a Instituição e em benefícios para a saúde do doente gerando um  impacto positivo em termos de saúde pública.

As mais-valias deste projeto ao nível da melhoria dos cuidados de saúde foram também enaltecidas pela Diretora Clínica para os Cuidados de Saúde Hospitalares, Dr.ª Eugénia Madureira, que realçou o trabalho desenvolvido nesta área por todos os profissionais e garantiu que irá unir esforços para que os profissionais médicos se envolvam mais neste projeto.

Também o Diretor de Enfermagem da ULS do Nordeste, Enf.º Urbano Rodrigues, enalteceu o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos profissionais de enfermagem em prol dos utentes, nomeadamente ao nível da prevenção de infeções.

Por sua vez, a Diretora Clínica para os Cuidados de Saúde Primários, Dr.ª Manuela Santos, realçou a importância de alargar este projeto aos Cuidados de Saúde Primários, que irá contribuir para o aumento da segurança dos cuidados de saúde prestados, com ganhos para os profissionais de saúde e, sobretudo, para os utentes.

Na área dos Cuidados de Saúde Primários, este projeto teve início no Centro de Saúde de Vila Flor, ao nível da Prevenção de Infeções Urinárias Associadas a Cateter Vesical, pretendendo-se que possa vir a ser alargado a todos os Centros de Saúde do distrito de Bragança.

Os excelentes resultados alcançados na ULS do Nordeste ao nível da redução da taxa de infeções foram apresentados pela coordenadora do Grupo Coordenador Local do PPCIRA, Dr.ª Cristina Nunes, que realçou a diminuição progressiva da incidência de infeções nos diferentes serviços hospitalares, com destaque para as infeções associadas a cesarianas, com uma redução de 100%, para as Infeções da Corrente Sanguínea Associadas a Cateter Venoso Central, com uma redução de 95%, e para as infeções associadas à Cirurgia da Anca-Prótese, com uma redução de 91%.

Os excelentes resultados alcançados no âmbito deste projeto estiveram em destaque a nível nacional, no ano passado, numa cerimónia promovida pela Fundação Calouste Gulbenkian, em que a ULS do Nordeste foi uma das 12 instituições de saúde distinguidas no âmbito do projeto “Stop Infeção Hospitalar”.

De realçar que o projeto “Stop Infeção Hospitalar!” teve início na ULS do Nordeste há quatro anos, tendo abraçado o desafio de reduzir infeções associadas a cuidados de saúde, lançado pela Fundação Calouste Gulbenkian, quatro serviços hospitalares. Ano após ano foi sendo ampliado, pretendendo-se que esteja implementado em todos os serviços da ULS do Nordeste até ao final do 1.º semestre de 2020.


Partilhar:
Ir para o topo
fringilla ut amet, vulputate, vel, eget sit