Ir para o conteúdo
Início
/
Notícias
09-06-2020

ULS do Nordeste integra estudo sobre alternativa às transfusões de sangue em doentes cirúrgicos

A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste integra um estudo a nível nacional que procura avaliar o impacto da gestão do sangue do próprio doente como alternativa às transfusões sanguíneas em doentes cirúrgicos.

Esta investigação é promovida pela Escola Nacional de Saúde Pública, da Universidade Nova de Lisboa, e integra um conjunto de Unidades Hospitalares de todo o país.

A ULS do Nordeste participa nesta investigação através dos Serviços de Imunohemoterapia, Ortopedia e Cirurgia Geral com enfoque nos doentes submetidos a artroplastia da anca e do joelho e neoplasia do cólon.

Este projeto de investigação, intitulado “O impacto do uso da carboximaltose férrica na otimização da hemoglobina/habilitação hematológica pré-operatória no Patient Blood Management (PBM) em hospitais portugueses”, pretende avaliar os benefícios clínicos para os doentes cirúrgicos na sequência da implementação de um programa que tem como principal objetivo minimizar a necessidade de transfusões sanguíneas no peri-operatório, intraoperatório e pós-operatório.

O programa PBM baseia-se numa estratégia de otimização de cuidados ao doente que pode necessitar de transfusão, potenciando a reserva de sangue do doente e minimizando a perda sanguínea, de forma a assegurar o melhor tratamento evitando o uso inapropriado do sangue e seus componentes.

Pretende-se assim implementar práticas com reconhecidos ganhos em saúde, na medida em que estudos anteriores demonstram uma melhor recuperação cirúrgica dos doentes em que não foi necessário o recurso a transfusão de sangue.

A participação da ULS do Nordeste nesta investigação está em linha com o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao nível da melhoria contínua dos cuidados de saúde prestados aos doentes, numa ótica de proximidade e de qualidade dos Serviços.


Partilhar:
Ir para o topo
libero. tempus neque. suscipit risus. in tristique vulputate, consequat.